NOTÍCIAS

COIMBRA SPORTS SE TRANSFORMA EM SAF

HISSA-ELIAS-MOYSES-PRESIDENTE-COIMBRA-CREDITO-HENRIQUE-CHENDES

O Grande Time de Contagem foi um dos primeiros em Minas Gerais a já nascer clube-empresa e, agora, vira Sociedade Anônima do Futebol (SAF)

A Sociedade Anônima do Futebol, mais conhecida como SAF, aprovada pela Lei 14.193/2021, é um dos temas mais comentados do futebol brasileiro da atualidade. Ao se transformar em SAF, o clube passa automaticamente a ser clube-empresa, porém um clube-empresa não necessariamente é uma SAF. Alguns clubes do Brasil já seguiam o modelo de clube-empresa mesmo antes da aprovação da Lei da SAF, como é o caso do Coimbra Sports.

No entanto, no final da última temporada, a Águia de Contagem foi mais um clube brasileiro que se tornou SAF. Com essa mudança, o seu organograma sofreu alterações. Entre elas, está a nova função do ex-diretor Hissa Elias Moyses, que agora passou a ser o Presidente e Gestor do Coimbra Sports SAF.

COIMBRA SPORTS SE TRANSFORMA EM SAF
Time vice-campeão mineiro sub-20 e campeão do inteiror da categoria. Foto: Henrique Chendes / Coimbra Sports

Mesmo antes de se tornar uma SAF, o Coimbra já vinha colhendo os frutos da sua gestão empresarial, principalmente nas categorias de base, foco maior do Clube, desde o final de 2021, quando assinou acordo de parceria técnica com o Benfica, de Portugal, para revelação de jovens atletas brasileiros. Em 2023, o time teve um ano histórico na sua categoria de base, sendo vice-campeão mineiro sub-20 e campeão do interior da categoria. Já no sub-17, mais um título de campeão do interior e o quarto lugar geral. No sub-15 também terminou no Top 4 do Estadual.

COIMBRA SPORTS SE TRANSFORMA EM SAF
Coimbra chegou na 3ª fase da Copinha e foi eliminado em um jogo parelho contra o tradicional Grêmio-RS. Foto: Henrique Chendes / Coimbra Sports

E os ótimos resultados não pararam por aí. Já no começo deste ano, na Copa São Paulo de Futebol Júnior, o Coimbra classificou em primeiro na primeira fase, em um grupo com times tradicionais no cenário brasileiro como ABC-RN, Sampaio Corrêa-MA e Mirassol-SP. Na segunda fase, eliminou o Figueirense-SC. Na etapa eliminatória seguinte, acabou perdendo para o Grêmio-RS com gols nos últimos minutos do jogo, em uma partida que foi melhor em grande parte. A ótima campanha, na maior competição de base do mundo, resultou em oito jogadores emprestados para o Villa Nova, time parceiro do Coimbra e que irá disputar o Módulo I do Campeonato Mineiro, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro da Série D em 2024.

COIMBRA SPORTS SE TRANSFORMA EM SAF
Da Copinha para o Villa: Antônio Cabral (lateral-direito), João Pedro (meia-atacante), Carlos Miguel (atacante), Anthony (lateral-esquerdo), Gean (zagueiro), Kauan Lindes (meio-campista), Gabriel Parra (goleiro) e Lucas Amorim (atacante. Foto: Rafael Leandro / Villa Nova.

compartilhe

69 / 100